Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

UM EXÍLIO ESCUSADO E VIOLENTO

16.05.15, melgaçodomonteàribeira
Brasão da Casa do Rio do Porto   D. MARGARIDA MARIA ESTEVES   Nasceu na Rua Direita em 3 de Janeiro de 1895 e no baptizado foram padrinhos Joaquim do Carmo Álvares de Barros e Maria do Carmo Álvares de Barros, solteiros, da vila e tios maternos da baptizanda. Na vila casou em 21 de Setembro de 1918 com Ernesto Viriato dos Passos Ferreira da Silva, filho de D. Maria Beatriz da Silva Valente, falecida em Braga no mês de Novembro de 1940, e secretário de finanças neste concelho, cujo (...)

UM HOMEM DO PARTIDO PROGRESSISTA EM MELGAÇO

11.01.14, melgaçodomonteàribeira
    UM POLÍTICO MELGACENSE        Os seus estudos literários principiaram em Paços, na escola régia do seu tio Joaquim José Durães – o entrevado de muitos anos recuperado para o estudo e o ensino pelo carinho fraternal do João e por um esforço da vontade própria – e foram acabar em Coimbra, na Faculdade de Direito da Universidade.    Ai se matriculou em Outubro de 1876 e se bacharelou em 1881, deixando ver aos condiscípulos quão prometedor era o seu espírito logo (...)

O ANTIGAMENTE

28.12.13, melgaçodomonteàribeira
  Procissão em Melgaço - foto da revista da CMM     O ANTIGAMENTE      A vida das pessoas, individual ou colectivamente reunidas em nações, sempre esteve sujeita a altos e baixos. Países houve, ao longo da história, que atingiram o apogeu e sofreram decadência ao ponto de se extinguirem.    O nosso Portugal, tanto ou mais que outros, experimentou esses solavancos ao longo da sua existência. A actual geração mais velha, e é a maioria, dizem os cronistas, tomou (...)

DR. ANTÓNIO DURÃES, UM ANTI-SALAZARISTA DE MELGAÇO

23.07.13, melgaçodomonteàribeira
    CANDIDATOS A DEPUTADOS OPOSICIONISTAS     DURÃES, António Augusto (?) – Angola, 1945 – Advogado, foi presidente da Câmara Municipal de Benguela, nomeado pelo governador Freitas Morna (1942-1943). Em 1945, fez parte da comissão executiva do MUD em Angola, constituída naquela colónia numa reunião realizada em 15 de Outubro de 1945. Nessa reunião, foram escolhidos os três nomes que deveriam fazer parte da lista oposicionista de Angola: o dr. António Gonçalves Videira, (...)

MELGAÇO, 16 DE NOVEMBRO DE 1913

08.03.13, melgaçodomonteàribeira
    AFASTANDO AS «PEDRAS»  DO CAMINHO        A ofensiva do Partido Democrático prosseguia. Raimundo Meira aproveitava qualquer ocasião para eliminar a oposição existente e colocar à frente do município pessoas da sua confiança. Em 16 de Novembro de 1913 retira a confiança ao Administrador do concelho de Melgaço. Este apresenta a demissão passados 10 dias.      Exmo. Sr.      Tendo Vexa significado em seu oficio nº 445 de 16 do corrente, que não lhe mereciam (...)

A IGREJA PERSEGUIDA NA 1ª REPÚBLICA

08.03.13, melgaçodomonteàribeira
   Gaspar Vaz-Guedes     CORRESPONDÊNCIA ENTRE GASPAR VAZ-GUEDES E       RAIMUNDO MEIRA        Meu excelentíssimo amigo      Recebi a sua carta com os documentos inclusos e apreciei como mereciam o diálogo em verso do Satanaz com o Gaspar Gomes, que não é aliás meu caseiro, e o mais. A questão do arrendamento do passal cifra-se no seguinte: como Vexa sabe as freguesias por aí são muito pequenas e o povo vê-se e deseja-se para pagar aos padres; fiz portanto (...)