Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

MELGAÇO AMIGO

22.06.19, melgaçodomonteàribeira
MELGAÇO   Melgaço é aquele abraço Sem fronteiras, Que desliza por vinhedos, Fragas e ribeiras, Acenando à Galiza E sussurrando ao Minho seus segredos…!   Vem, Amigo, Sentir porque choram de frio As margens do rio em pleno inverno!   Descobrir a natureza em pranto, Naquelas almas serranas Vestidas de negro, imaculadas de branco!   Partilhar do gesto fraterno. Quando a Serra desce às portas da Ribeira Para abraçar a Vila em dia de feira!   Escutar a Canção do Emigrante, Na (...)

NÉCTAR DE MELGAÇO

08.06.19, melgaçodomonteàribeira
  TRIBUTO AO ALVARINHO SOALHEIRO   - Teremos futebolistas leitores – disse ela, com uma gargalhada profunda, baixa, provavelmente causada por fumar Marlboro, mas que, raios, me fez encher o peito e arrepiar a espinha. Comemos o caranguejo, bebemos mais cerveja e falámos de livros, filmes, actores, celebridades, droga, fama, sucesso e eu mandei vir uma lagosta grelhada e Luísa disse que pagava um vinho verde Soalheiro Alvarinho 96, que foi o mais brioso de quantos verdes eu tinha (...)

ESTÁ NA HORA DO REGRESSO A CASA

23.03.19, melgaçodomonteàribeira
antigo escudo de melgaço   ACHADOS   Não sabendo eu explicar a razão pela qual os arqueólogos portugueses, ou outros, nunca se interessaram por Melgaço, à excepção da freguesia de Castro Laboreiro, que nos últimos anos tem sido palco de investigações nesse domínio, não quero contudo deixar de lado o assunto. E a verdade, apesar dessa ausência, aqui e ali ao acaso, vão aparecendo objectos de antanho, os quais logo desaparecem como por bruxedo! Escreveu Figueiredo da Guerra (...)

ALTO MINHO - ROTEIRO TURÍSTICO

16.03.19, melgaçodomonteàribeira
  Um roteiro que traduz a riqueza da tradição e a doçura da paisagem     Viana do Castelo e seu termo, serpenteada por rios tranquilos, coroada por montanhas verdejantes e beijando o Oceano, é, cada vez mais, terra procurada para local de férias e sítio para encontrar sossego, sem esquecer, contudo, um novo ressurgir do tecido social e empresarial que empresta à vida do quotidiano mais certezas e garantia de um melhor futuro. Conhecer a Região, apesar de tudo, não é fácil, (...)

COROGRAFIA PORTUGUEZA - MELGAÇO MDCCVI

02.03.19, melgaçodomonteàribeira
      COROGRAFIA PORTUGUEZA, E DESCRIPÇAM DO FAMOSO REYNO DE PORTUGAL    S. Maria da Gave, ou Gavia, he Vigairaria ´q apresenta o Reytor de Riba de Mouro, rende quarenta mil reis, & para o Commendador setenta mil reis: tem cento & trinta visinhos. S. Mamede de Parada do Monte, Vigairaria da mesma apresentaçaõ, que rende ao todo quarenta mil reis, & para o Commendador sessenta & seis mil reis, tem cento & cincoenta visinhos. Aqui se faz o melhor burel de lã (...)

ERA UMA VEZ...

09.02.19, melgaçodomonteàribeira
  A INÊS NEGRA LENDA DE MELGAÇO Era uma vez…   … Antigamente, havia muitas lutas e batalhas entre Portugueses e Espanhóis, porque ambos queriam ser donos das melhores terras! Numa altura em que Melgaço pertencia a Espanha (Castela), travou-se uma dessas batalhas, em que dentro das muralhas estavam os soldados de Castela, a tentar proteger as terras, e fora das muralhas, os soldados Portugueses, que tentavam reconquistá-las! Apesar de primeiro terem tentado chegar a acordo, para (...)

ANTÓNIO IGREJAS, AS DAMAS E OS AZULEJOS

19.01.19, melgaçodomonteàribeira
antónio eduardo igrejas - 1998   ESPAÇO DAMISTA – 1994 (separata da Enciclopédia Damista do Dr. Sena Carneiro)   RETRATO DE FAMÍLIA   Nome: António Eduardo Igrejas Nascimento: Melgaço Data de Nascimento: 7-8-1920 Profissão: Artista Plástico Estado Civil: Casado Filhos: Um, do sexo feminino Sigla: As três primeiras vogais - AEI   CURRÍCULO DAMISTA   Director Técnico: O Carola Seccionista: Jornal Século Ilustrado Seccionista: Revista Vamos Decifrar Colaborador: Enciclopé (...)

DOS MUSEUS DE MELGAÇO

01.12.18, melgaçodomonteàribeira
museu do contrabando   A MEMÓRIA COMO PATRIMÓNIO: DA NARRATIVA À IMAGEM     O município de Melgaço, em alternativa à criação de um único espaço museológico, tem optado pela criação de uma rede de pequenos museus. O núcleo museológico da Torre de Menagem e as Ruínas Arqueológicas da Praça da República têm, também eles, uma evidente conotação histórica, mas o «Espaço Memória e Fronteira» é o único que procura fazer uma ponte com o presente, isto é, que (...)

MELGAÇO MEMÓRIA DOS TEMPOS PASSADO E PRESENTE

20.10.18, melgaçodomonteàribeira
      A partir de Dezembro de 1982 e até princípios do século XXI, o ímpeto empreendedor que impulsionou o crescimento de Melgaço, foi verdadeiramente notável, pioneiro e arrojado a vários níveis. Num enorme salto qualitativo para a modernidade, Melgaço posicionou-se à frente do seu tempo e, em muitos aspectos, à frente dos demais concelhos portugueses, em geral, e dos do Alto Minho em particular. Ontem como hoje, o Município tem sabido acompanhar a contemporaneidade de (...)

MÃES DO MINHO

22.09.18, melgaçodomonteàribeira
  “Mães do Minho”, de rosto sulcado pela ausência de afago, ficaram nas aldeias, no vazio das casas, abraçadas pelo xaile negro da despedida, carregando o árduo amanho da vida. Eles, os maridos e os filhos, partiram. Levaram como bagagem, a certeza da incerteza de tudo. “Mães do Minho”, um pelouro de referência humana, testemunho de uma época, de gerações, reflectidas na memória do tempo, que o próprio tempo jamais apagará. Um tempo cinzento, denso, sombrio. Pedaço (...)