Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

POESIA POPULAR

melgaçodomonteàribeira, 14.10.15

1 b16 - 1976 - aos 46 anos em Paris.jpg

José Serrano, aos 46 anos, em Paris

 

 

 

EMIGRAR

 

Emigrar é – sim! – partir

P’ra terras desconhecidas

E de quando em vez voltar

P’ra férias bem merecidas!

Emigrar é conhecer

Novos mundos, novas gentes

Usos, costumes e línguas…

E sociedades dif’rentes.

 

Sim! Emigrar é sonhar!

É trabalhar e sofrer!

É pensar e recordar!

É lembrar… É esquecer…

Emigrar é aprender!

É ganhar e é chorar!

É rir! Ouvir! E sentir!

É viajar e lutar!

 

Emigrar é encurtar a vida

E nos traz cedo a calvície!

Emigrar é, quantas vezes,

Morrer antes da velhice!!!

… E muitas vezes perdemos

O que em jovens recebemos!

 

 

Uma Vida Entre Poesia

José Maria Rodrigues

JOSÉ SERRANO

Edição: Câmara Municipal de Melgaço

2007

p.133

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.