Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

MELGAÇO NA ARMADA EM 1624

melgaçodomonteàribeira, 03.07.21

655 b  - 2 armada manel.jpg

 azulejo de manuel igrejas - pormenor

FIDALGOS PORTUGUESES QUE INTEGRARAM A ARMADA DA RESTAURAÇÃO DA BAHIA DE 1624

 

PEDRO CÉSAR D’EÇA

Nota: Pedro César d’Eça integrante da Armada da Restauração da Bahia de 1624, serviu também na África e ficou cativo, custando o seu resgate 46 mil cruzados.

Filho de Luiz César de Menezes, Provedor dos Armazéns, Comendador da Ordem de Cristo, no tempo dos reis D. João III e D. Sebastião, homem muito rico, e de D. Cecília d’Eça ou D. Cecília de Castro, filha de Fernão de Castro, Alcaide Mor de Melgaço. Este Luiz César de Menezes, é irmão do General Vasco Fernandes César, Provedor dos Armazéns e Armadas do Reino, portanto tio do outro Luiz César de Menezes, que também integrou a Armada da Restauração da Bahia de 1624.

Pedro César d’Eça, deixou geração do seu casamento com D. Jerónima de Castro, filha de Cristóvão Falcão de Sousa, Governador da ilha da Madeira.

Finalmente, Pedro César d’Eça e seu sobrinho Luiz César de Menezes, são primos próximos de Francisco de Mello e Castro, que também os acompanhou na Armada da Restauração da Bahia de 1624.

RUY BARRETO DE MOURA

Nota: Outro fidalgo cuja identificação fica muito difícil pela falta de maiores informações.

Cronológicamente há possibilidades de ser um Ruy Barreto Rolim ou de Moura Rolim, que serviu na Índia e foi comendador de Castro Laboreiro. Filho de Manuel Barreto Rolim e de Jerónima Esparragoza de Sousa; neto paterno de outro Ruy Barreto, Estribeiro Mor do rei D. Manuel, Comendador de Azambuja, e de Rodão e bisneto de Jorge Barreto e de D. Leonor de Moura, origem do seu sobrenome Moura.

Com geração de seu casamento em Goa com D. Catarina, senhora nobre, criada e adoptada por sua avó D. Maria d’Eça.

 

Retirado de https://familysearch.org

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.