Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

MELGAÇO, DO MONTE À RIBEIRA

História e narrativas duma terra raiana

AS GUERRAS ENTRE ABSOLUTISTAS E LIBERAIS

melgaçodomonteàribeira, 25.05.24

941 b 4411523.jpg

O SPECTADOR BRASILEIRO

JOURNAL POLÍTICO, LITERÁRIO, E COMMERCIAL

Nº 40    9 DE ABRIL DE 1827

Valença, Janeiro 10. Os hespanhoes acompanhados de alguns paisanos guerrilhas portuguezes nos atacarão a 6 do corrente, em S. Gregório, e Alcobaça, chegando até Melgaço, aonde entraram no dia 7: porem o comandante da linha retirou-se com as milícias que tinha para a ponte do Mouro, esperando-os ahi para os bater, mas forão tão cobardes, e ignorantes da arte da guerra que conservando-se todo o dia 7 em Melgaço não vierão fazer reconhecimento sobre a Ponte de Mouro, aonde se achavão as milícias.

As tropas que entrarão são as seguintes: 2 companhias do regimento de Navarra em força de 100 homens com suas cornetas, huma grande parte do regimento de milícias d’Orense, de que he commandante o célebre ladrão guerrilheiro D. Ignacio Pereira: alguns paisanos armados portuguezes, commandados por alguns trânsfugas officiaes portuguezes: vários padres e frades.

O general Moura governador de Valença e agora interino da provincia mandou logo 80 bayonetas commandadas pelo major Queiroz. Depois mandou 40 homens de milícias de Villa do Conde e Vianna.

Mandou também mais 60 homens commandados pelo alferes Costa de caçadores 12. Hontem mandou duas peças d’artelharia com o seu competente destacamento d’esta arma, 40 homens d’infantaria, commandados pelo ajudante Bandeira de milícias de Vianna que era alferes do nº 15 de infantaria.

Ordenou igualmente que de Braga marchassem 300 bayonetas para os cortar commandadas pelo capitão Pereira de caçadores nº 11, e alguns cavallos, tropa que chegou sem ser esperada hontem 9 à villa de Monção, junto ao ponto onde se acha a nossa força, já para cima de 200 homens de todas as armas e 3 peças d’artelharia. Hoje mandou mais o general Moura 30 homens de caçadores nº 12 para reforçar a linha e mandou attacar os cobardes inimigos porem agora chega parte de que todos elles se retirarão de Melgaço para a raia, tendo estado no nosso território 2 dias. 

Esperamos por momentos a notícia da sua completa derrota. A força dos guerrilhas portuguezes erão 160 homens: dos hespanhoes erão 800.