Sábado, 18 de Julho de 2015

AS OBRAS DE SANTA RITA

Santa Rita - Quartel

 

RECOMEÇARAM AS OBRAS

(A Voz de Melgaço, 15.08.1971)

 

Começaram novamente as obras!...
Um operado ao coração em Santa Rita!...
As mães que tem seus filhos no serviço militar!...
Para diante!... Ofertas!...

 

Pois é verdade, mestre Ribeiro seguiu já para Santa Rita com todos os apetrechos indispensáveis e lá andam a sobradar uma das salas. De resto, mestre Ribeiro é o homem cá de cima. Todos o chamam e todos o querem no serviço de carpintaria. Pois também cá o temos. O pior é que temos os artistas e não temos a «massa». Só há dias, pagamos cerca de 12.000$00, mas nestas matemáticas de Deus, é preciso andar e esperar.
Nunca pagamos a muitos fornecedores a grande fineza de nos esperarem pela possibilidade de lhes pagarmos. Estaríamos ainda muito longe, se não fora esta generosidade com Santa Rita. Nós ficamos agradecidos. Mas com muita pena, este é um dos grandes capítulos de caridade, que só Deus conhece!...
Num destes dias esteve aqui, com a sua esposa e vizinhas, um simpático senhor de S. Paio, que há pouco foi operado ao coração numa das clínicas de Paris e pelo melhor especialista daquela cidade. A operação era do género da do Padre Bologne, muito difícil. Uma sua prima lembrou-se de Santa Rita, fez a sua promessa e aqui vieram todos cumpri-la. Este nosso conterrâneo é da Granja, de S. Paio, e chama-se Manuel José Simões Durão. Mas já guia o seu carro.
Exames – Aqui têm vindo muitos devotos de Santa Rita cumprir suas promessas, pelo bom resultado dos exames de seus familiares. O bom resultado dos exames é para os pais uma grande consolação, depois de tanto dia dinheiro gasto.
Em defesa da Pátria – Também algumas mães que têm seus filhos no serviço militar, em defesa da nossa Pátria, aqui têm vindo recomendar as suas intenções. Todos os domingos aqui rezamos por esta intenção. Que bela, que sublime, a linguagem destas mães em Santa Rita com o Senhor. E sabem? Há dias chegou-nos aqui um rapaz, vindo do Ultramar, que trazia a sua farda e entregou-a a Santa Rita. Ela ficará exposta aqui, como eterna gratidão dum soldado de Portugal a Santa Rita.
(Segue listagem)
Pedimos muita desculpa de virmos bastante atrasados na lista dos nossos benfeitores.
A todos muito obrigado.
Que linda terra esta de Santa Rita, para aqui se fazer uma grande obra…
Quando todos acordarem, isto irá mais depressa.
Mas não acham que o que se fez já é muito?

 

                                                                              Padre Carlos

 

Padre Carlos Vaz: Uma Vida de Serviço
Edição: Carlos Nuno Salgado Vaz
Coordenadores: Carlos Nuno Salgado Vaz
                              Júlio Nepomuceno Vaz
Braga
Julho 2010
p. 328

 


publicado por melgaçodomonteàribeira às 11:15
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

.mais sobre mim

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. EL REY DOM MANOEL E OS CR...

. TRAGÉDIA A CAMINHO DE FRA...

. PONTES ROMANAS E ROMÂNICA...

. UM ESCULTOR MELGACENSE

. CERTO NEGÓCIO DE SERVIÇO ...

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds