Sábado, 29 de Abril de 2017

VI CENTENÁRIO DA TOMADA DO CASTELO DE MELGAÇO

1 - 18 d2 - 6º centenario livro.jpg

A Câmara Municipal, a Região de Turismo do Alto Minho e «A Voz de Melgaço» promoveram a celebração do VI Centenário da Tomada do Castelo de Melgaço aos Castelhanos em 3 e 4 de Março de 1989, quando se encerrava o ano centenário.

A celebração deste acontecimento histórico de expressão local e nacional processou-se em três momentos soleníssimos: p Militar, o Cívico e o Religioso.

O primeiro momento viveu-se dentro das muralhas do Castelo; o segundo, na Sessão Académica, efectuada no Salão Nobre do Município; o terceiro desenrolou-se no vetusto e histórico mosteiro de Santa Maria de Fiães.

Neles se apresentaram notáveis trabalhos históricos, que, de per si, para além do acontecimento festejado, são dados fundamentais da nossa história, bem como dignos e merecedores de estudo como se de uma bíblia se tratasse.

A imprensa local publicou-os integralmente, e a imprensa não local apresentou sínteses.

Entendeu, a Comissão Organizadora, que só a publicação em livro poderia registar, devidamente, o valor, a importância e o interesse dos trabalhos com um duplo objectivo: dignificar a História local e proporcionar aos melgacenses – estudantes, professores e quantos o desejem – um instrumento válido e oportuno de cultura e de saber. Por isso se edita o volume que intitulámos: «O VI Centenário da Tomada do Castelo de Melgaço».

Para ambientar o leitor, inserimos, também, a entrevista que o Doutor José Marques, professor da Universidade do Porto, concedeu a «A Voz de Melgaço» de 15 de Janeiro de 1989.

Ocorreu-nos, ainda, uma decisão que julgamos ajudar a viver intelectualmente o acontecimento: a publicação do texto da Crónica de D. João I – (2ª parte) – de Fernão Lopes, visto ser o trabalho – base dos historiadores e, portanto, dos oradores que enobreceram, sobremaneira, a celebração que havíamos projectado.

Finalmente, arquivamos, pela sua beleza literária, colorido e sensibilidade, a composição «Inês Negra – A Heroína de Melgaço» do Conde de Sabugosa que, em síntese espectacular, escreveu um hino harmonioso e solene dos acontecimentos.

 

Edição da responsabilidade de:

    - Câmara Municipal de Melgaço

    - Região de Turismo do Alto Minho

    - «A Voz de Melgaço»

 

1991


publicado por melgaçodomonteàribeira às 00:04
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

.mais sobre mim

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. UMA SENHORA DA SOCIEDADE

. EL REY DOM MANOEL E OS CR...

. TRAGÉDIA A CAMINHO DE FRA...

. PONTES ROMANAS E ROMÂNICA...

. UM ESCULTOR MELGACENSE

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds